17 de maio de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

02_toyota_zarate

Fábrica da Toyota em Zárate, na Argentina

A fábrica argentina da Toyota localizada em Zárate está ampliando em 30% a sua capacidade produtiva. O número de unidades produzidas por ano salta de 97 mil para 131 mil para atender a demanda de exportação da picape Hilux e do SUV SW4. E esta planta que abastece o Brasil e outros mercados da América Latina com estes dois modelos citados. A Toyota não revela o valor do investimento feito na ampliação mas informa que o aporte realizado para esta nova etapa é o mais recente feito pela marca na região.

Com a ampliação da produção, a marca também planeja elevar o volume das exportações em 50%, sendo 70% aos 21 países na região da América Latina e Caribe.

Atualmente a unidade de Zárate produz 77 mil Hilux e 20 mil SW4 por ano. Com esta ampliação a planta vai gerar 300 novos empregos, o que elevará o número de colaboradores desta fábrica para 5,3 mil. A Toyota informa que após sua ampliação esta fábrica terá potencial para atingir 140 mil unidades ao ano em plena capacidade de produção.

“Estou muito feliz porque, hoje, um sonho torna-se realidade, devido à boa cooperação do governo argentino, sindicatos, fornecedores, concessionários e todo o time da Toyota, que trabalharam juntos, como uma família”, declara Steve St. Angelo, CEO da Toyota para América Latina e Caribe e chairman para Brasil e Argentina. “Esta é uma ótima notícia e representa outro passo fundamental no posicionamento da Toyota na Argentina e na região da América Latina como base de exportação dos modelos Hilux e SW4.”

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

10 de maio de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

cartivator-1

A Toyota resolveu apoiar um projeto de um carro voador que está sendo desenvolvido por jovens engenheiros japoneses. O objetivo é ter este carro voador acendendo a tocha olímpica dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecerão em 2020.

O grupo de engenheiros se chama Cartivator e está em ativa desde 2012. O Cartivator conseguiu um apoio de 42,5 milhões de ienes (cerca de R$ 1,16 milhão) de 15 companhias do grupo Toyota.

O carro voador recebeu o nome de “SkyDrive” e é desenvolvido no tempo livre deste grupo de engenheiros. “Até 2018 prevemos terminar um protótipo”, indica Tsubasa Nakamura, diretor técnico da Cartivator. Um dos objetivos da empresa é “criar um mundo onde qualquer um possa voar no céu a qualquer momento até 2050”, de acordo com os defensores do projeto. O desafio principal é superar o constante crescimento do volume de carros nas ruas do mundo. “Para tornar real a nossa visão, precisamos desenvolver um carro voador capaz de decolar e pousar verticalmente, sem necessidade de faixas especiais”, acrescentaram.

O SkyDrive poderá voar a 100km/h a uma altura de 10 metros do chão e tem 2,90 m de comprimento por 1,30 m de altura. NO solo, o veículo andará sobre três rodas e poderá alcançar 150 km/h.

O modelo terá a capacidade de levar apenas o condutor de acordo com o protótipo atual. Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

3 de maio de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

A Toyota testa um novo sistema de geração de energia combinada pressurizada (sistema de geração de energia híbrida), em sua planta localizada no distrito de Motomachi, na cidade de Toyota, Aichi, no Japão. Esta tecnologia utiliza células de combustível de óxido sólido (SOFC) e microturbinas de gás. O objetivo do projeto é avaliar a eficiência energética, desempenho e durabilidade desta combinação.

O sistema de dois estágios tem potência nominal de 250 kW que é gerada a partir de hidrogênio e monóxido de carbono extraídos de gás natural. Além disso, possui um sistema de cogeração, que combina calor e energia, para utilizar o calor residual produzido na geração de energia.

Outro objetivo do sistema é a geração de energia com baixa emissão de poluentes. O sistema híbrido oferece cerca de 55% de eficiência no consumo, enquanto o uso do sistema de cogeração aumenta esta eficiência para até 65%.

A Toyota continuará a promover o desenvolvimento e a introdução da utilização eficiente da tecnologia do hidrogênio em suas plantas, monitorando continuamente os resultados da introdução e demonstração de resultados deste sistema de geração de energia híbrida. A iniciativa representa um progresso em termos de ações destinadas a atingir zero emissões de CO2 em suas fábricas, aspecto preponderante do Desafio Ambiental Toyota 2050, anunciado em 2015.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

26 de abril de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

toyota2

A Toyota testa nos Estados Unidos um caminhão movido a hidrogênio. O novo tipo de combustível é sustentável e não emite poluentes, apenas água potável, e seus motores são elétricos.

O chamado “Projeto Portal”, da Toyota, visa utilizar este tipo de combustível ecológico em caminhões de grande porte. O protótipo é baseado no Kenworth T660.

toyota

O projeto mostra a parte que correspondia ao leito da cabine ocupada por quatro tanques de hidrogênio sob alta pressão e duas baterias de ions de lítio de 6 kWh. Há também duas células de combustível como as que também equipam o Toyota Mirai.

O motor do caminhão é de 670 cv e 135,1 mkgf de torque, o que equivale aos mesmos números de um veículo deste porte movido a diesel.

De acordo com a Toyota, estes caminhões a hidrogênio aceleram mais rápido que os modelos a diesel. A justificativa seria o motor elétrico, que gera torque máximo imediato. Confira abaixo no vídeo a comparação.

Os tanques suportam 40kg de hidrogênio, que permitem um percurso de até 240 km com uma carga de 27,3 toneladas. A performance aumenta para 384 km com carga de 16,3 toneladas.

Os obstáculos que a Toyota agora enfrenta com o projeto é principalmente a falta de infra-estrutura atualmente para o abastecimento de hidrogênio.

Mesmo sendo o elemento mais comum do universo, não se encontra muito hidrogênio em sua forma natural na terra e a produção artificial do elemento é muito custosa no ponto de vista energético.

O objetivo da Toyota é provar que caminhões com tecnologia tão complexa podem ser confiáveis para grandes viagens, a questão da autonomia ainda não é a prioridade do projeto.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

19 de abril de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

toyota-fun-concept-774x435

A Toyota apresentou durante o Salão de Xangai, na China, um novo conceito batizado de Fun Sedan Concept. O modelo é semelhante ao Camry 2018, recentemente estreado nos EUA, e tem como objetivo mostrar a versatilidade da plataforma TNGA.

A montadora não forneceu detalhes técnicos sobre o Fun Sedan Concept. O visual revelado mostra uma grande entrada de ar e faróis de LED estreito. O teto com caída na traseira marca a proposta esportiva do modelo.

toyota-fun-concept

A plataforma TNGA é hoje uma das apostas para o futuro da Toyota. A previsão é que até 2020 metade da linha da montadora use esta plataforma. Hoje em dia os modelos Prius, C-HR e Camry já a utilizam. O Corolla da próxima geração também será feito sobre esta plataforma.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

12 de abril de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

toyota-ft-4x-concept-774x435

Uma das atrações da Toyota no Salão de Nova York é o conceito FT-4X. O modelo é um crossover inspirado no FJ Cruiser (descontinuado em 2014) e construído sobre a mesma plataforma do C-HR.

O FJ Cruiser foi um dos carros de menor desvalorização da Toyota. Um usado custava quase o mesmo de um novo, e hoje um seminovo vale mais do que o zero valia na época. A ideia da Toyota é repaginar o crossover para o público atual.

O foco primário do FT-4X é um público mais jovem e urbano que ainda quer ter funcionalidades off-road para uso eventual. O visual quadrado remete a robustez necessária para trilhas, mas seus detalhes trazem, por exemplo, uma porta traseira que pode ser aberta verticalmente ou travada, de acordo com a necessidade.

toyota-ft-4x-concept

Outros equipamentos inclusos são um sistema de áudio removível, bom para quem acampa, por exemplo. Há também saídas de ar-condicionado giratórias que podem refrigerar objetos num compartimento inferior do carro. O carro também tem um saco de dormir no apoio de braço central.

Este conceito foi feito sobre a plataforma TNGA, o que pode indicar alguma vontade da Toyota em transformar o conceito em carro comercial. Por enquanto a Toyota afirma que o FT-4X é apenas um conceito.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

5 de abril de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

O Corolla brasileiro de número 1 milhão foi um modelo Corolla Altis 2018 na cor branco pérola

No último dia 23 de março a Toyota registrou 1 milhão de Corollas fabricados no Brasil. A marca histórica aconteceu na fábrica de Indaiatuba, em SP. O milionésimo Corolla brasileiro foi um modelo Corolla Altis 2018 na cor branco pérola.

A planta da Toyota em Indaiatuba foi inaugurada em 1998 e hoje tem mais de 2000 colaboradores. Esta fábrica mudou os rumos da Toyota no Brasil, já que a produção local do Corolla conseguiu inserir a marca ainda mais no país e consolidou a estratégia da Toyota, que leva em consideração o crescimento sustentável e o fortalecimento da indústria local.

cerimonia_1_milhao_corolla_alta

“Este é mais um fantástico marco para a Toyota do Brasil e nossos parceiros, fornecedores e concessionários. Atingir a marca de um milhão de unidades produzidas do Corolla só foi possível devido à lealdade dos nossos clientes no Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Assim, vamos continuar trabalhando para chegarmos a dois milhões de veículos produzidos”, diz Steve St.Angelo, CEO da Toyota para América Latina e Caribe e Chairman da Toyota do Brasil.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

30 de março de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

Toyota revela conceito Hilux Tonka em homenagem à fábrica de brinquedos

A Toyota apresentou na Austrália um conceito da Hilux que homenageia a fabricante de triciclos e carrinhos Tonka, que comemora 70 anos em 2016, e a própria Toyota, que completa seu 80º aniversário em 28 de agosto deste ano.

O “Hilux Tonka” será apenas um modelo para exibição e sem chances de produção em série. O carro traz suspensão 15 cm mais alta do que a Hilux comum. Esta mudança foi obtida com outras alterações na suspensão e nos pneus, agora de 35″ com todas de aro 17″ e com uma elevação maior no chassi. O motor é o mesmo turbodiesel 2.8 que equipa o modelo brasileiro, com 177 cv e 42,8 kgfm.

No para-choque da picape há novas luzes em LED e o peito de aço tem 6mm. Há tamém snorkel, estribos, guincho e extensores de para-lamas. O capô e a tampa da caçamba são feitos de fibra de carbono.

Toyota revela conceito Hilux Tonka em homenagem à fábrica de brinquedos

A pintura é um dos maiores destaques, que remete aos antigos brinquedos da marca. “Inspirada pelos carrinhos e picapes Tonka com que as crianças brincam nos quintais, a Hilux Tonka Concept vai além das grandes habilidades que a Hilux apresenta para atravessar terrenos com pedras e outros obstáculos complicados”, disse o chefe de design de produto da Toyota, Nicolas Hogio.

Toyota revela conceito Hilux Tonka em homenagem à fábrica de brinquedos

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

21 de março de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

Novo Corolla 2018

O Corolla completa 50 anos com mais de 44 milhões de unidades vendidas no mundo em 150 países. Tal marca coloca o sedã no topo do ranking de carros mais vendidos de todos os tempos e para comemorar tal feito a Toyota resolver dar uma repaginada em seu carro de maior sucesso com o novo Corolla 2018.

O novo Corolla 2018 traz como um de seus principais destaques a introdução da versão XRS, que vem com itens como aerofólio traseiro, saias esportivas, ponteira de escapamento cromada e interior na cor preta. Outras novidades são o controle de estabilidade, tração, assistente de subida e sete airbags para toda a linha, num esforço da Toyota em garantir ainda mais a segurança do modelo, que já havia recebido a nota máxima (cinco estrelas) nos testes de colisão do Latin NCap.

Novo Visual

Visualmente as alterações foram sutis porém significantes. Na parte dianteira o modelo ganhou novos faróis e uma grade reestilizada, com entradas de ar mais alongadas. Os cantos dos pára-choques também ganharam novos vincos mais aprofundados.

O conjunto óptico dianteiro do Corolla 2018 possui faróis de halogênio nas versões GLi e XEi, e de LED, com nivelamento automático, nas versões XRS e Altis. As lanternas com luzes diurnas (DRL –Daytime Running Lights) estão disponíveis a partir da versão XEi, e todas contam com lanternas dianteiras com luz de posicionamento em LED. As lanternas traseiras agora são de LED em toda a linha.

Na versão XRS o carro também ganha aerofólio traseiro, saias esportivas (frontal, lateral e traseira), ponteira do escapamento cromado e o exclusivo emblema XRS no canto inferior direito da tampa do porta-malas.

Parte Interna

Na parte interna a Toyota continuou a trabalhar os conceitos de conforto, sofisticação e funcionalidade. O painel mantém seu tema horizontal em todas as versões. Os bancos e outros detalhes, como o volante, são revestidos em couro preto desde a versão de entrada GLi.

As versões GLi Upper e XEi possuem acabamento em couro na cor cinza; a XRS, em couro exclusivo na cor preta; e a topo de linha Altis, na nova cor linho claro. A partir da XEi, todas têm acabamento cromado nos difusores do ar-condicionado, que ganharam formato arredondado. Além destes itens, o botão da alavanca do freio de estacionamento e as maçanetas das quatro portas do Corolla Altis também são cromados.

Versões do Corolla 2018

O Corolla 2018 já está disponível em seis versões: GLi 1.8L com transmissão manual de seis velocidades; GLi 1.8L e GLi 1.8L Upper com transmissão automática Multi-Drive, que reproduz sete velocidades nos modos Drive e sequencial, por meio de trocas na alavanca de transmissão; XEi, XRS e Altis, todas com motor 2.0L e equipadas com a mesma transmissão automática Multi-Drive, incrementada com a possibilidade de trocas de marchas manuais no modo sequencial, tanto na alavanca do câmbio quanto por meio de borboletas localizadas atrás do volante.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.

15 de março de 2017
por Equipe SGA Toyota
0 comentários

Toyota Car Wash Front

Manter a aparência de seu carro após algum tempo requer atenção a alguns detalhes que quando passam despercebidos no começo podem se mostrar no futuro. Um destes detalhes é a integridade da pintura do carro.

Listamos abaixo algumas práticas que podem te ajudar a manter a pintura da lataria de seu carro sempre como nova. Confira!

Exposição ao Sol

Este é um dos maiores inimigos da pintura de seu carro, especialmente se ele tem alguma cor mais forte (amarelo, vermelho, azul, etc). A constante exposição à radiação solar pode manchar ou desbotar seu carro, portanto sempre que possível mantenha seu carro estacionado na sombra.

Outro perigo é o contato do sabão com a lataria quente. O calor evapora a água muito rápido e o sabão seco pode manchar a pintura.

Cuidado com os jatos de água

Se seu carro é lavado com mangueiras de pressão é necessário prestar atenção na força do jato d’água. Algumas mangueiras podem ter jatos tão potentes que podem danificar a pintura ou algum componente, como as aletas. Outra dica importante é não jogar um jato de água fria nas rodas logo após estacionar, pois o freio estará quente e o choque térmico pode empenar os discos.

Ensaboe e enxágue por partes

É comum ensaboar todo o carro para depois se enxaguar a lataria. Isso não é recomendado pois o sabão fica mais tempo em contato com a lataria e o sol pode secar a água e manchar a pintura. O recomendado é ir por partes (teto, depois traseira, depois capô, etc) e enxaguár logo que terminar de ensaboar a área a ser limpada.

Lama

Foi dar uma volta pelo interior e o carro veio sujo de lama? Recomendamos que lave-o o mais breve possível, já que manchas de lama seca podem ser difíceis de se retirar inclusive com lavagem comum.

Tome muito cuidado também para só utilizar a esponja na lataria após ter certeza de que todos os pedaços grandes de terra e grãos de areia foram removidos para não arranhar seu carro.

Para ler mais notícias, acesse www.blogdasga.com.br. Para mais informações sobre a SGA visite nosso site.