Evite andar com o combustível na reserva

| 0 comentários

Combustível-na-reserva

 

Os motoristas brasileiros estão cada vez mais atentos às placas que indicam os preços de combustíveis nos posts.

Com os constantes aumentos nos preços dos combustíveis, segurar ao máximo para abastecer se tornou uma prática comum.

No entanto, rodar com o tanque na reserva até encontrar um post de combustível com o preço mais em conta não deve se tornar um hábito.

É compreensível a tentativa de economizar, mas apesar do alto valor dos combustíveis, a pratica de abastecer o veículo apenas quando o tanque entrar na reserva deve ser evitada.

Além de poder causar diversos problemas ao seu veículo, a qualquer momento você pode ficar a pé, não só na hora que acaba o combustível como também na hora que o carro para de vez e precisa de um guincho.
Nessas horas, o que era uma tentativa de economizar torna-se um gasto muito mais elevado do que a economia feita.

Exceto em emergências, a reserva do veículo deve ser evitada. Com espaço entre 5 e 8 litros na maioria das vezes, esse restante de combustível não é armazenado em um tanque extra.

O que acontece é que essa é a quantidade considerada ideal pelas montadoras para que um aviso luminoso seja aceso, informando que o tanque está ficando vazio.

Um dos primeiros problemas é o risco de acontecer uma pane seca. Uma vez que não se sabe a quantidade exata de combustível restante, fica impossível estimar quantos quilômetros ainda é possível percorrer.

Além do carro ficar parado no meio da rua graças ao tanque vazio, o motorista ainda pode ser multado, perder pontos na carteira e ter o veículo guinchado.

Outro fator de risco é a entrada das impurezas do combustível na bomba, uma vez que todos os detritos se depositam no fundo do tanque. Quando esse restinho de combustível é utilizado, as sujeiras podem ser enviadas para o motor, provocando falhas de funcionamento.

Talvez nem todos saibam, mas o combustível também é utilizado como meio de resfriamento da bomba. Uma vez que o tanque está vazio, o superaquecimento dessa estrutura pode acontecer, o que causa sérios danos ao veículo como um todo.

Uma coisa que costumamos dizer sempre é que o barato pode sair caro. Então, tenha cuidado, por que uma economia ou falta de cuidado pode custar mais caro em seu bolso.

 

Para ler mais notícias Informações sobre a SGA visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.