Produção do Etios será aumentada

| 0 comentários

Quando o Etios foi lançado, há pouco mais de um mês, a Toyota divulgou que a produção do veículo ficaria na casa das 70.000 unidades por ano, montadas na recém inaugurada fábrica de Sorocaba, em São Paulo. Mas a procura pelo carro já fez a montadora rever os planos. Segundo Mitsuhisa Kato, vice-presidente global da Toyota, a venda de todos os Etios que serão produzidos no último trimestre está praticamente fechada – algo em torno de 17.500 carros. Com isso, a Toyota espera elevar a produção do Etios para 100.000 unidades por ano em 2013 – um aumento de 42,8%.

Toyota Etios

Atrás de Honda e Nissan, a Toyota é hoje a sétima montadora em vendas no Brasil, com uma participação de 2,8% do mercado até o fim de setembro. Apesar de não revelar a fatia que deseja abocanha com o lançamento do seu primeiro popular no país, a montadora segue otimista com a resposta que vem recebendo do público. “Nesse momento não estamos preocupados com market share. Temos uma estratégia para cada segmento. O Corolla, por exemplo, é líder entre os sedãs médios”, afirmou Luiz Carlos Andrade Junior, vice-presidente sênior da Toyota Mercosul.

De acordo com o executivo, o aumento da produção do Etios demandará uma nova dinâmica de trabalho na planta, além de investimentos – não detalhados – em dinheiro. Com um turno extra, a fábrica de Sorocaba consegue elevar a fabricação em cerca de 10%. A estrutura tem licença para fabricar até 400.000 veículos por ano.

Andrade Junior pontuou ainda que a Toyota deverá fechar o ano com 120.000 a 130.000 veículos vendidos, o que representará um aumento de 20% em relação ao resultado do ano passado.

Aposta no híbrido

Outra aposta da Toyota será o lançamento do Prius híbrido no país. A estimativa é que ele chegue às concessionárias a partir de janeiro de 2013 a um custo de aproximadamente 120.000 reais. O dono do primeiro veículo por aqui já tem nome. No Salão do Automóvel de São Paulo, a chave foi entregue ao ex-jogador de futebol Zico.

Desde que foi lançado em 1997, o Prius híbrido já vendeu 2,8 milhões de unidades no mundo. “Acreditamos que a tecnologia híbrida não é somente sustentável, mas também indispensável. Ela será a ponte para os veículos da próxima geração”, disse Mitsuhisa Kato, vice-presidente global da empresa, em sua primeira visita ao país.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.